Pica-Pau Rei

Abre-asa de Cabeça Cinza

Alma de Gato

Anambé Branco de Rabo Preto

Andorinha Pequena de Casa

Anu Branco

Anu Preto

Araçari Banana

Araçari Poca

Arapaçu de Bico Torto

Arapaçu Escamado

Araponga

Araponga do Horto

Ariramba de cauda ruiva

Assanhadinho

Bacurau

Barranqueiro de Olho Branco

Beija Flor Cinza

Beija Flor Preto

Beija Flor Rajado

Beija Flor Rubi

Beija Flor Tesoura

Benedito de Testa Amarela

Bico Assovelado

Bico de Pimenta

Bico Virado Carijó

Bico Virado Miúdo

Borboletinha do Mato

Borralhara

Caburé

Capitão de Saíra

Catirumbava

Choca Listrada

Choquinha Chumbo

Choquinha de Dorso Vermelho

Choquinha Lisa

Choquinha Pequena

Coruja Buraqueira

Coruja do Mato

Cuiú Cuiú

Entufado

Ferro Velho

Formigueiro Assobiador

Formigueiro da Serra

Galinha do Mato

Gaturamo Verdadeiro

Gavião Caboclo

Gavião Caracoleiro

Gavião Carijó

Gavião Miúdo

Gavião Pato

Gavião Pega Macaco

Gibão de Couro

Guaracava de barriga amarela

Japu

João Botina da Mata

João Porca

Juriti Pupu

Juruva

Limpa Folha Miúdo

Macuru de Barriga Castanha

Mãe da Lua

Maitaca Verde

Maria Leque do Sudeste

Murucututu de Barriga Amarela

Papa Moscas Cinzento

Papa Moscas Estrela

Papa Taoca do Sul

Pariri

Periquito Rico

Pica Pau Amarelo

Pica Pau Bufador

Pica Pau de Banda Branca

Pica Pau de Cabeça Amarela

Pica-Pau Rei

Pica-pau Verde Barrado

Pintadinho

Pinto do Mato

Pitiguari

Sabiá Cica

Saí Andorinha

Saí Verde

Saíra Amarela

Saíra Ferrugem

Saíra Militar

Saíra sete cores

Saíra Viúva

Sanhaçu de Encontro Amarelo

Sanhaçu de Encontro Azul

Saracura do Mato

Savacu

Socó Boi Escuro

Surucua de Peito Amarelo

Tangará

Tapaculo Pintado

Tesourinha da Mata

Tiê de Bando

Tiê de Topete

Tiê Preto

Tiê Sangue

Tietinga

Tiriba de Testa Vermelha

Topetinho Vermelho

Tovaca Campainha

Tovaca Cantadora

Tovacuçu

Trepador Sobrancelha

Trepadorzinho

Trinca Ferro

Trovoada

Tucano de Bico Preto

Tucano de Bico Verde

Tuim

Urubu de Cabeça Amarela

Urubu de Cabeça Vermelha

Urubu Rei

Urutau ferrugem

Vira Folha

Viuvinha

Pica-Pau Rei

Abre-asa de Cabeça Cinza

Alma de Gato

Anambé Branco de Rabo Preto

Andorinha Pequena de Casa

Anu Branco

Anu Preto

Araçari Banana

Araçari Poca

Arapaçu de Bico Torto

Arapaçu Escamado

Araponga

Araponga do Horto

Ariramba de cauda ruiva

Assanhadinho

Bacurau

Barranqueiro de Olho Branco

Beija Flor Cinza

Beija Flor Preto

Beija Flor Rajado

Beija Flor Rubi

Beija Flor Tesoura

Benedito de Testa Amarela

Bico Assovelado

Bico de Pimenta

Bico Virado Carijó

Bico Virado Miúdo

Borboletinha do Mato

Borralhara

Caburé

Capitão de Saíra

Catirumbava

Choca Listrada

Choquinha Chumbo

Choquinha de Dorso Vermelho

Choquinha Lisa

Choquinha Pequena

Coruja Buraqueira

Coruja do Mato

Cuiú Cuiú

Entufado

Ferro Velho

Formigueiro Assobiador

Formigueiro da Serra

Galinha do Mato

Gaturamo Verdadeiro

Gavião Caboclo

Gavião Caracoleiro

Gavião Carijó

Gavião Miúdo

Gavião Pato

Gavião Pega Macaco

Gibão de Couro

Guaracava de barriga amarela

Japu

João Botina da Mata

João Porca

Juriti Pupu

Juruva

Limpa Folha Miúdo

Macuru de Barriga Castanha

Mãe da Lua

Maitaca Verde

Maria Leque do Sudeste

Murucututu de Barriga Amarela

Papa Moscas Cinzento

Papa Moscas Estrela

Papa Taoca do Sul

Pariri

Periquito Rico

Pica Pau Amarelo

Pica Pau Bufador

Pica Pau de Banda Branca

Pica Pau de Cabeça Amarela

Pica-Pau Rei

Pica-pau Verde Barrado

Pintadinho

Pinto do Mato

Pitiguari

Sabiá Cica

Saí Andorinha

Saí Verde

Saíra Amarela

Saíra Ferrugem

Saíra Militar

Saíra sete cores

Saíra Viúva

Sanhaçu de Encontro Amarelo

Sanhaçu de Encontro Azul

Saracura do Mato

Savacu

Socó Boi Escuro

Surucua de Peito Amarelo

Tangará

Tapaculo Pintado

Tesourinha da Mata

Tiê de Bando

Tiê de Topete

Tiê Preto

Tiê Sangue

Tietinga

Tiriba de Testa Vermelha

Topetinho Vermelho

Tovaca Campainha

Tovaca Cantadora

Tovacuçu

Trepador Sobrancelha

Trepadorzinho

Trinca Ferro

Trovoada

Tucano de Bico Preto

Tucano de Bico Verde

Tuim

Urubu de Cabeça Amarela

Urubu de Cabeça Vermelha

Urubu Rei

Urutau ferrugem

Vira Folha

Viuvinha

Robust Woodpecker

Campephilus robustus (Lichtenstein, 1818)

Endêmica :

da Mata Atlântica

TAMANHO :

36 cm

Ave migratória :

Não

Mais visto :

O ano Todo

Alimenta-se de :

Frutos e Frutas

Frutas Moles

Insetos

Larvas

Wiki Aves

LOGO-WIKI

Foto: Luís da Mata

# ECO Sítio Paraty

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Habitos:

Para marcação de território ou para comunicação entre machos e fêmeas, usa valorização e, até certo ponto, também o “tamborilar”. Outro tipo de batimento repetitivo constitui o “cinzelar”, usado para procura de alimentos ou para construção de cavidades para nidificação (Sick 1997).

Alimentação:

O pica-pau-rei possui dieta insetívora, forrageando em árvores infestadas pelos mais variados tipos de insetos e larvas. Martelam o tronco com força, perfurando a casca, e capturam as presas com a língua pegajosa de ponta afiada. A língua móvel é também adequada para lamber o sumo de frutas moles. Assim, embora úteis ao homem no controle de insetos e larvas nocivas à madeira, os pica-paus podem provocar alguns estragos em pomares.

CARACTERÍSTICAS:

O Campephilus robustus é uma ave florestal da ordem dos Piciformes, da família Picidae. É considerado o maior pica-pau do Brasil, destaca-se por sua robustez e beleza, com cabeça e pescoço vermelhos e peito barrado de branco e preto. Pode ser encontrado de Goiás, Minas Gerais e Bahia até o Rio Grande do Sul. Conhecido como pica-pau-rei, pica-pau-de-cabeça-vermelha, pica-pau-galo, pica-pau-grande, pica-pau-soldado e pinica-pau (Bahia).
É considerado o maior pica-pau do Brasil, medindo cerca de 36 centímetros de comprimento, com peso médio de 200 gramas. De rara beleza, possui a cabeça e o pescoço vermelhos, dorso creme, asas e cauda negras. O peito e o ventre são brancos, inteiramente barrados de finas faixas horizontais negras. O macho tem uma pequena mancha auricular preta e branca, enquanto a fêmea possui uma grande estria malar branca, vilada de negro. Assim como as demais espécies de pica-pau. C. robustus possui um canto territorial, diversos tipos de chamados e uma música instrumental, o “tamborilar”. Ela é executada através de repetidos golpes do bico sobre a superfície de troncos secos ou ocos, substrato escolhido de maneira a proporcionar boa ampliação da sonoridade e alcance do ruído. C. robustus faz um “tamborilar” bissilábico, que pode soar como uma voz e ser individualmente diferente.

+ Registros no Brasil

O maior Pica-Pau do Brasil

- COMENTE - PARTICIPE -

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima